De casaco no verão?

O verão tem sido rigoroso no Rio Grande do Sul. Não raro, a temperatura máxima tem chegado aos 37 graus. As chuvas, por seu turno, têm sido escassas.

Talvez por isso uma ave tem chamado a atenção e atraído os observadores para frequentar a principal praça de Santo Ângelo, apesar do sol forte. O atrativo dessa espécie é que ela usa casaco…. de couro!

De fato, o Gibão-de-couro, espécie a respeito da qual aparentemente se sabe pouco, despertou o interesse nos últimos dias.

O primeiro registro (em Santo Ângelo) desse tiranídeo que voa como uma andorinha foi feito em 09/11/2009 pelo amigo Dante Meller e, depois de um grande hiato (praticamente 10 anos), um observador de Rio Grande/RS postou uma foto da espécie no Wikiaves, chamando a atenção dos passarinheiros locais.

Já em 2020, o amigo cruzaltense Pedro Sessegolo, que estava de passagem pela cidade, encontrou o ilustre encasacado voando entre as estátuas que guarnecem a fachada da bela Catedral Angelopolitana.

O novo registro, somado talvez ao fato de estar em andamento a competição chamada Baita Ano, cujo vencedor será aquele que registrar o maior número de espécies em solo gaúcho (veja mais sobre o Baita Ano aqui), foi o incentivo que faltava para tirar este blogueiro e outros integrantes do Ave Missões da sua zona de conforto (leia-se qualquer lugar que não seja sob o sol escaldante, preferencialmente em casa, com o climatizador ligado) e fotografar essa peculiar ave, que inclusive era lifer para alguns.

Na tentativa de unir o útil ao agradável, tentei fazer o registro individualmente em 02 oportunidades, sendo a primeira após deixar o Arthur, meu filho, na escolinha e a segunda depois de buscá-lo, respectivamente às 13h30min e às 18h, mas sem sucesso. A ideia era fazer o registro e comunicar o achado aos amigos observadores, mas não foi isso que aconteceu.

Quis o destinto que esse fosse mais um registro feito com os amigos. Na última terça-feira, dia 04, combinamos de nos encontrar na praça por volta das 17h. Para minha tristeza e preocupação, recebi uma ligação da escola do Arthur quando estava a uma quadra do ponto de encontro, informando que ele estava febril. Assim, tudo indicava que não seria naquele dia que eu conheceria o Gibão-de-couro.

Já em casa, porém, com o Arthurzinho bem e sob os cuidados meus e da mamãe, veio a notícia, no grupo de WhatsApp do Ave Missões, de que a missão tinha sido um sucesso. Um pouco ansioso, decidi sair de casa e garantir o inédito registro.

Para minha felicidade, o Gibão estava disposto a permanecer no local onde acabara de ser encontrado, fazendo curtos voos acrobáticos ao melhor estilo andorinha e alternando poleiros entre a Catedral e a sede da Prefeitura Municipal. A Ataiz, a Adelita, a Márcia e o Paulo já tinham garantido os seus registros, mas ainda tentavam dar aquela melhorada na foto.

No final do dia, eu havia feito um lifer e, mais importante, o Arthurzinho estava sem febre! É o que se pode chamar de final feliz!

Autor: Adaltro C Zorzan

Sou apaixonado por aves e fotografia, embora minha área de formação seja outra. No meu tempo livre, costumo ir a campo, de câmera em punho, para passarinhar. Apesar da limitação pessoal e do equipamento, busco sempre trazer no cartão de memória a melhor imagem possível de cada ave encontrada.

2 comentários em “De casaco no verão?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s